Auto Esporte

Autonews

sexta-feira, 30 de maio de 2008

■ Como funciona a venda de um carro - Parte 2

Vendendo

Uma vez que você recebeu o dinheiro da venda, você registrará a leitura do odômetro (quilometragem) e assinará o documento de propriedade do veículo. O departamento estadual de trânsito irá emitir um documento do veículo para o novo proprietário.

Em seguida, você fará uma transferência de propriedade com cópia para ambos. Esse documento deverá incluir:

  • Nomes, endereços e números de telefone do comprador e vendedor.
  • A marca, o modelo, o ano, a quilometragem e o Número de Identificação do Veículo (VIN).
  • O preço total de venda e forma de pagamento.
  • Uma declaração dizendo que o carro foi vendido como estava, significando que não há garantia (a não ser que seja combinado de outra forma).
  • O comprador e o vendedor assinam colocando a data da venda.

Certifique-se de que você e o comprador preencheram todos os formulários exigidos. Por fim, cancele o seu seguro, espere o cheque do comprador cair e transfira o nome do proprietário do veículo para o comprador. Depois, entregue as chaves ao novo proprietário.

Ao seguir esses passos, a satisfação de ambas as partes estará assegurada.

Evitando fraudes
Como muitos de nós sabemos, a compra de carros usados é um negócio com muitas fraudes. Então, os vendedores precisam estar cientes desse risco. Aqui estão algumas das fraudes mais comuns:

  • Fraudes com Cheques Certificados - esta fraude é freqüentemente feita através da internet. Um comprador informa que quer comprar o carro e paga com um cheque próprio. No último instante, inventa um motivo pelo qual precisa preencher o cheque com valor maior, para que o vendedor lhe devolva a diferença. Na realidade, o cheque é falso. Isso só é descoberto depois que se devolve o dinheiro. O vendedor também é responsável por cobrir o valor do cheque falso. Para evitar fraudes com cheques, ligue para o banco emitente antes de aceitar o cheque. É conveniente aguardar pela liberação do dinheiro antes de transferir o carro para o nome do comprador.

  • Serviços de Fiéis Depositários Falsos - vendedores de carros online muitas vezes usam os serviços de fiéis depositários, que cobram e verificam o pagamento do comprador. O dinheiro fica retido pelo serviço até que todas as partes fiquem satisfeitas com a venda. Já houve casos de serviços de fiéis depositários operando através da internet. Verifique se o serviço de fiel que você deseja contratar é confiável.
A melhor maneira de evitar fraudes é se certificar de que você nunca irá transferir a propriedade do seu carro até você ter o dinheiro na sua mão. Isso significa que você recebe dinheiro em espécie do comprador ou aguarda a compensação do cheque. Evite receber cheques pessoais e permitir que o comprador pague o carro depois do prazo. Se você seguir essas precauções, a venda do seu carro será uma experiência tranqüila.

Problemas de pós-venda
Finalmente, você deve estar pensando: "O que irei fazer se eu não estou satisfeito com a venda?" Se você sente que foi passado para trás, há várias coisas que podem ser feitas. Primeiramente, contacte a polícia local e registre ocorrência. Depois, pode entrar em contato com o serviço de proteção ao consumidor do seu estado, o Procon.

Muitos estados não exigem que o vendedor do carro ofereça uma garantia do veículo. Assim, se o carro quebrar logo após ter sido vendido, você não é mais responsável. Para evitar problemas, certifique-se de que o carro tenha sido inspecionado por um mecânico. Se você for sincero quanto à condição do veículo, pode estar confiante de que fez tudo que pôde para ser um vendedor bem sucedido.

Vender um carro deveria ser uma experiência positiva tanto para o comprador como para o vendedor. Na situação ideal, cada um recebeu o que queria: o comprador recebeu um carro e o vendedor, uma quantia em dinheiro. Conhecer o seu mercado, colocar um bom anúncio, negociar o melhor preço, finalizar a venda e saber o que se pode fazer se as coisas não forem bem, torna a venda do seu carro uma experiência positiva e descomplicada.

Nenhum comentário: