Auto Esporte

Autonews

sábado, 26 de dezembro de 2009

Bateria : Problemas & Soluções - Parte 2

BATERIA NÃO SEGURA CARGA
A bateria só deixa de armazenar a carga quando a mesma perder totalmente a parte metálica que sustenta a massa ativa ou por curto-circuito de algum dos vasos.
Se analisarmos uma bateria internamente veremos que este tipo de defeito ocorre devido a SOBRECARGA que a mesma sofreu, depositando a matéria ativa no fundo do monobloco ou ainda pelo envelhecimento normal da mesma.


SOBRECARGA
Significa que o regulador de voltagem está com algum defeito, pois está mandando mais de 14,5 volts, que é a voltagem máxima que uma bateria pode suportar.


SUBCARGA
A bateria está recebendo menos energia do que precisa, que é 13,5 volts. Pode ser ocasionada por algum problema no regulador de voltagem, alternador, correia ou por algum mau contato.


BATERIA SOLTA
A bateria solta no suporte está sujeita a danos irreparáveis na parte interna.


CABO E CONECTORES SOLTOS
Além do mau contato, causam faíscas que podem ocasionar a explosão da bateria.


DESCARGAS EXCESSIVAS
Devido ao excesso de equipamentos elétricos (principalmente módulos de som), o alimentador não tem chance de repor a carga na bateria.


FUGA DE ENERGIA
Gasto de energia mesmo quando o veículo está desligado, descarrega a bateria e acelera o desgaste por descargas e recargas intensas.


CURTO-CIRCUITO
Este defeito é caracterizado pelo contato íntimo entre as placas positivas e negativas do elemento, podendo ocorrer também por objetos estranhos introduzidos no interior do elemento.


Pode ser provocado intencionalmente nos pólos para verificar o estado da carga. Deteriora rapidamente a bateria e pode causar explosão.


ELETRÓLITO CONTAMINADO
A contaminação do eletrólito com agentes estranhos, principalmente sais metálicos e substâncias orgânicas, aumenta consideravelmente a corrosão das placas e separadores.
Este tipo de defeito ocorre quando se coloca água de torneira, mesmo a água filtrada não deve ser usada, jamais coloque qualquer solução ácida ou deixe cair dentro dos vasos pedaços de estopa, ferro, cobre, panos, madeiras ou papel, são substância orgânicas e contaminam o eletrólito.


AQUECIMENTO ANORMAL DOS PÓLOS
Causas prováveis:
- Tensão de carga excessivamente alta
- Nível do eletrólito muito baixo
- Curto-circuito
- Mau contato entre a ligação internas e pólos
- Terminais frouxos
Lembre-se, a saúde de sua bateria depende do sistema elétrico de seu veículo, portanto, mantenha-o em ordem porque nem sempre a bateria tem culpa.


Fonte: www.acdelco.com.br

Nenhum comentário: